POLÍTICA sansaomachava

Filho de Mariano Nhongo Pede proteção do Governo

Durante o funeral do líder da Junta Militar da Renamo, Mariano Nhongo, um dos seus 13 filhos, Carlitos Mariano, que estava refugiado na vizinha África de Sul, após as Forças de Defesa e Segurança terem incendiado as casa do malogrado, distanciou-se dos actos do pai e pediu a proteção do Governo.

“Nós somos Filhos e não sabemos de nada (…) Por causa das atitudes do nosso pai, nós sofremos. Estamos a pedir que o governo nos diga o que será de nós após a morte do Mariano Nhongo” disse Carlitos Mariano, citado pela Voz de América.

Importa Referir, que o Funeral do líder dos Dissidentes do maior partido da oposição em Moçambique, teve lugar na localidade de Chirassicua, interior do Distrito de Nhamatanda, província de Sofala, na passada sexta-feira (15).

Mariano Nhongo foi abatido juntamente com o seu homem de confiança, Gura Ukama na segunda Feira (11), no distrito de Cheringoma, província central de Sofala, durante um combate com as Forças de Defesa e Segurança.

Advertisement
Advertisement

| Website

Editor chefe do Moz Massoko, empreendedor digital, Trabalho também com marketing de afiliados, nos tempos livres gosto de aprofundar os meus conhecimentos sobre internet Marketing.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: