POLÍTICA sansaomachava

Forças de Defesa e Segurança abatem dois líderes da insurgência em Cabo Delgado

Forças de Defesa e Segurança, com o apio dos militares do Ruanda e SADC continuam ganhando campo na província nortenha de Cabo Delgado.

O presidente da República, Filipe Nyusi, disse no final da semana passada que, as Forças da Defesa e Segurança em parceria com a da Ruanda abateram um dos líderes dos terroristas, identificado por ‘Muhamudu’, durante uma operação de contra-insurgência realizada em Cabo Delgado.

Segundo fontes, o terrorista esteve envolvido no massacre de 51 jovens no distrito de Muidumbe, ha dois anos atrás, depois que eles se recusaram a se juntar ao grupo militante.

Explicando o contexto, o Comandante da Polícia da República de Moçambique, Bernadino Rafael, disse: “Este homem era um indivíduo responsável pela disseminação do terrorismo em Cabo Delgado desde o início do fenómeno terrorista. Ele foi morto em Limala, a nove quilômetros do posto administrativo de Mbau. “

Advertisement

O Comandante Geral da PRM disse ainda que Muhamudu e seu companheiro, chamado Abdulaim, assassinaram os jovens em Muidumbe, acrescentando que Abdulaim foi morto em no final de 2020.

Dias antes, as forças armadas da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) afirmaram que uma pessoa chamada Rajab Awadhi Ndanjili – também conhecido como Sheikh Njili North – foi morta quando uma base da insurgência foi invadida em Chitama, no distrito de Nangade, que faz fronteira com a Tanzânia.

Advertisement
Advertisement

| Website

Editor chefe do Moz Massoko, empreendedor digital, Trabalho também com marketing de afiliados, nos tempos livres gosto de aprofundar os meus conhecimentos sobre internet Marketing.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: